sábado, 11 de maio de 2013

Um texto pra minha menina


Um amigo querido me pediu para que eu fizesse uma mensagem para o Dia das Mães. Eu poderia escrever como filha, já que ainda não faço parte desse universo. Mas foi tentando compreender esse mundo que fiz essa carta sendo ela. Sendo minha mãe


               Meu filho quero lhe dizer tantas coisas que hoje não cabem em meu peito. Já tenho alguns cabelos brancos e preciso dos óculos pra escrever essa carta. Hoje é Dia das Mães, já recebi tantas homenagens suas, mas agora sou eu quem faz essa surpresa pra você. Você já vai embora de casa, levantar voo e buscar os seus sonhos, mas quero deixar minha gratidão de ter aprendido tanta coisa contigo nesse tempo. Antes eu era uma só, mas depois do dia que você nasceu me multipliquei tantas vezes. Um ser tão pequenino e frágil, mas o suficiente pra derrubar o meu egoísmo. Lembro-me de quando abriu os olhinhos e percebi que enfim, eu já não estava mais sozinha. É uma sensação indescritível ter outro coração fora do corpo. Lembro que chorei quando disse pela primeira vez: meu filho. E ficamos conversando naquela maternidade até perder-se no tempo. Todo dia era dia de choro, papinhas, fraldas sujas, noites mal dormidas, mas acredite: ver você rindo compensava tudo. Até que um dia você me chamou de mamãe. A partir daquele momento entendi essa palavra: eu preciso tanto de você. E o tempo foi passando e o vi crescendo, aprendendo e amadurecendo. Brigamos algumas vezes depois e você me achava chata, se lembra? Que eu gostava de pegar no pé e que queria ficar só. Até acho graça porque não consigo ficar com raiva. Vai entender. Hoje, você já está crescido e feito, com muitos planos pra realizar na sua vida e seguir seu rumo. Mas mamãe sempre estará aqui, com aquele perfume que você gosta tanto quando me abraça. Meus braços já não podem mais te carregar, mas carrego toda a sua vida dentro de mim. Se hoje eu sou mãe é porque você me fez assim. Eu te amo meu filho.

PS: Não se esquece de levar toalha e a escova de dente.

Beijos da mamãe.



Para minha Dona Vana.

0 chuviscos:

Template by:
Free Blog Templates