quarta-feira, 20 de julho de 2011

Um pequeno texto aos meus amigos

                    



               E disse me disse que hoje é dia do amigo. É.. hoje é dia do amigo. Aquele que tem o melhor abraço, a melhor risada e o maior ombro do mundo. Alguns amigos já devem estar com algum deslocamento ou luxação de tanto emprestarem seus ombros pra eu rir e chorar. Faz parte. Mãe, irmão, prima, namorado, avó, tia, cachorro e os propriamente ditos amigos. Todos são. Conheci pessoas que me fizeram crescer e que de alguma forma não as vejo mais. Queria poder encontrá-las novamente. Outras que ainda tenho em meu convívio, mas tento segurá-las como se fosse um balão de gás hélio. Talvez um dia elas vão embora e a distância seja longa demais para um fio de telefone. Mas se seu amigo voltar, é porque deixou uma parte dele com você. Tenho amigos de oração, de anos 80, de bagunça, de banda, de faculdade, de arte, de risos, de música, de trabalho, de broncas, de escola... Todos de alguma maneira  ajudaram ou me ajudam a subir um degrau daquilo que eu chamo de vida. É como se cada um fosse uma peça importante para o meu trem seguir em frente. E ele vai seguindo. Novos amigos virão, novas paradas, mas aqueles que eu já tenho serão os selos da minha bagagem. Os amigos verdadeiros... ah esses amigos verdadeiros... eles são pra mim como o Woody de Toy Story: "O Woody tem sido meu amigo desde sempre, é corajoso como um cowboy deve ser, é gentil, inteligente, mas o que faz o Woody especial, é que ele nunca desiste de você. Nunca. Ele vai estar contigo pro que der e vier." É... tenho sorte.        

Template by:
Free Blog Templates